Sociedade

Governo anuncia que vai recorrer a avião civil para retirar portugueses da cidade de Wuhan

Cerca de 20 cidadãos portugueses estão na cidade, que se encontra de quarentena. 

O Governo português quer retirar os portugueses que estão na cidade chinesa de Wuhan, onde começou o novo coronavírus que já provocou a morte de mais de 80 pessoas e deixou milhares infetados.  Através de um comunicado, citado pela agência Lusa, a embaixada portuguesa anunciou que vai iniciar “de imediato todos os passos" para proceder à retirada por via aérea, recorrendo a um avião civil fretado "que vos vá buscar a Wuhan e dali vos leve diretamente para Portugal".

Cerca de 20 cidadãos portugueses estão na cidade, que se encontra de quarentena. "É este o plano que está a ser equacionado em Lisboa e sobre o qual nós estamos já a pedir as devidas autorizações às autoridades chinesas de Pequim e de Hubei [província chinesa da qual Wuhan é capital]", lê-se na mesma nota.

Apesar de quererem que os portugues regressem ao seu país, as autoridades avisam que existe uma forte "possibilidade de que à chegada a Portugal, as autoridades de saúde portuguesas apliquem como medida de prevenção um período de quarentena".