Internacional

Polícia mostra-se descontente com atitude do TMZ: "É muito insensível saber de uma morte através dos jornais"

O site TMZ lançou a notícia, pouco mais de uma hora depois da polícia ter recebido a alerta sobre o acidente de helicóptero que vitimizou o atleta, a sua filha de 13 anos e mais sete pessoas.

A notícia sobre a morte da estrela do NBA Kobe Bryant foi avançada pelo site norte-americano TMZ, este domingo, pouco mais de uma hora depois da polícia ter recebido a alerta sobre o acidente de helicóptero que vitimizou o atleta, a sua filha de 13 anos e mais sete pessoas.

Ao falar com vários jornalistas depois do incidente, a Polícia de Los Angeles mostrou-se descontente com a atitude do site de entretenimento TMZ. "Seria extremamente desrespeitador saber que um ente querido morreu através do TMZ. É completamente inadequado", disse citado pela CNN.

Através do Twitter, o sub-delegado, Tim Murakami, também se mostrou revoltado com a atitude do site. "Estou entristecido por um meio de comunicação ter avançado com a  morte de Kobe quando eu estava a recolher informações. Eu percebo a questão do furo mas, por favor, deem-nos tempo para notificar pessoalmente os entes queridos. É muito insensível saber de uma morte através dos jornais. É desolador", escreveu.