Sociedade

Homem de 84 anos que matou a mulher ficou em prisão preventiva

O suspeito terá cometido o crime por causa de um contrato de telemóvel.


O homem de 84 anos que, esta segunda-feira, esfaqueou mortalmente a mulher, de 80 anos, em Vila Nova de Gaia, vai ficar em prisão preventiva. O suspeito ficou indiciado por crime de homicídio qualificado.

O Tribunal de Instrução Criminal do Porto decretou a medida, esta terça-feira. Segundo o jornal Correio da Manhã, o arguido atingiu a vítima com dez facadas, na zona do peito e do pescoço.