Vida

IRA mostra novo vídeo dos cães de João Cabeleira e Ana Bastet

"Dadas as circunstâncias em que se apresentavam os dois espaços, é possível verificar que existe negligência", escreveu o grupo na legenda do vídeo. 

O IRA (Intervenção e Resgate Animal) partilhou um vídeo dos animais que vivem na casa do guitarrista dos Xutos e Pontapés e da sua ex-mulher, Ana Bastet, onde se podem ver as faltas de condição de higiene no espaço e onde os animais aparecem visivelmente debilitados.

Depois de as primeiras imagens dos animais terem sido partilhadas nas redes sociais, inclusive pela taróloga Maya, várias foram as críticas feitas ao músico e à sua ex-mulher. Dias depois, ambos vieram a público afirmar que as imagens tinham sido manipuladas, que os animais são bem tratados e que o IRA esteve no local e disse “estar tudo bem”.

A associação veio agora desmentir e mostrar que realmente não está tudo bem. "Na outra parte da habitação, visível do exterior, encontra-se esta situação perturbadora em vários sentidos. Uma vez que esteve presente a Vet. Municipal em conjunto com o SEPNA, o IRA limitou-se a observar e a reunir mais elementos para formalizar a sua participação à Guarda Nacional Republicana. Não estão reunidas as condições de higiene ou bem-estar. Os animais apresentam uma condição corporal de magreza, desconhecendo o IRA o motivo para tal. Dadas as circunstâncias em que se apresentavam os dois espaços, é possível verificar que existe negligência", escreveu o grupo na legenda do vídeo. 

Por outro lado, o IRA sublinha que o papel do músico dos Xutos e Pontapés é desconhecido para o grupo. “Temos assistido a algumas represálias contra o João Cabeleira e respetiva banda, sendo totalmente desconhecido o papel do mesmo no enquadramento desta situação por nós, uma vez que o próprio não reside naquela habitação e a detenção dos animais não está provada ser dele”, concluíram.