Sociedade

Bombeiros portugueses recebem instruções sobre como atuar perante casos de coronavírus

Documento foi difundido aos bombeiros, num esforço conjunto da ANEPC, INEM e DGS.

Os bombeiros começaram a receber, esta quinta-feira, através da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), medidas orientadoras sobre como atuar perante doentes com o novo coronavírus.

Segundo o Jornal de Notícias, a Direção Geral da Saúde (DGS) elaborou, ao longo do dia, um documento que agora a Direção Nacional de Bombeiros da ANEPC ordenou que fosse enviado, através dos comandantes distritais da Proteção Civil, a todas as corporações.

O documento, intitulado "Medidas orientadoras da atuação dos bombeiros perante suspeita de doença por Coronavírus”, trata-se de um manual de atuação face a casos suspeitos de infeção por coronavírus, escreve o mesmo jornal.

De acordo com o documento, citado pelo Jornal de Notícias, os bombeiros devem usar uma "bata, com abertura atrás, de uso único e impermeável, uma máscara, proteção ocular - usar óculos de proteção em todos os casos de suspeição, e luvas - de uso único, não esterilizadas".

A informação foi confirmada por Carlos Silva, da Fénix - Associação Nacional de Bombeiros e Agentes de Proteção."Após ter conhecimento de que a informação tida por conveniente acerca das medidas orientadoras na attuação dos Bombeiros, perante suspeita de de contágio de coronavírus, foi no dia de hoje difundida aos corpos de bombeiros num esforço conjunto entre a ANEPC, INEM e DGS, embora que no nosso entendimento tardia, não podemos deixar de reconhecer o esforço conjunto das referidas entidades", referiu, em declarações ao mesmo jornal.

Recorde-se que o Jornal de Notícias tinha avançado esta quinta-feira, que os bombeiros portugueses ainda não sabia como atuar perante o novo coronavírus.