Sociedade

Avião para repatriar europeus ainda não saiu de Paris por falta de autorização do Governo chinês

A aeronave partiu do aeroporto de Beja esta quinta-feira.


O voo que vai repatriar cidadãos europeus de Wuhan, na China, e que partiu do aeroporto de Beja, esta quinta-feira de manhã, ainda se encontra em Paris, avançou a Sic Notícias, e está com um atraso previsto de 20 horas. 

O avião que vai buscar portugueses e outros cidadãos ainda não recebeu a autorização final por parte do Governo chinês para aterrar na cidade de Wuhan, o epicentro do novo coronavírus que já provocou a morte de mais de 200 pessoas. 

Depois de Paris, onde entraram vários médicos a bordo, a aeronave deve parar em Hanói, no Vietname, antes de chegar a Wuhan.