Internacional

Homem suspeito de estar infetado com novo coronavírus foge de hospital em Macau

Até ao momento, existem sete casos do novo coronavírus registados em Macau. 

Um homem, suspeito de estar infetado com o novo coronavírus, que já provocou a morte de mais de 200 pessoas, fugiu do Centro Hospitalar de Conde de São Januário, em Macau, onde estava a ser submetido a exames, avançaram as autoridades chinesas através da imprensa internacional. 

"Na quinta-feira, 30 de janeiro, um indivíduo proveniente do interior da China, considerado caso suspeito, escapou à vigilância a que estava submetido no Centro Hospitalar Conde de São Januário”, divulgaram as autoridades em comunicado.

Apesar do resultado dos exames ter dado negativo, o homem está a ser procurado pela polícia, visto ter entrado na cidade de Macau clandestinamente. 

O individuo “apresentava sintomas de febre, corrimento nasal, dores de garganta e tosse, tendo sido transportado pelas forças de autoridade ao Serviço de Urgência Especial do Centro Hospitalar Conde de São Januário para exames para o novo tipo de coronavírus”, apontaram as autoridades no documento. 

Até ao momento, existem sete casos do novo coronavírus registados em Macau.