Economia

Bolt lança trotinetas elétricas em Portugal

Para já o serviço vai existir em Faro mas a empresa quer alargar a outras cidades portuguesas.

DR  

A Bolt lança pela primeira vez as trotinetas elétricas em Portugal. O local escolhido para apresentar o novo serviço foi Faro, mas a empresa pretende alargar a novidade a outras cidades portuguesas.

A empresa explica que, durante os primeiros meses de lançamento, e com o objetivo de incentivar as pessoas que vivem e visitam Faro a experimentar o novo serviço de mobilidade, o desbloqueio das trotinetes da Bolt terá um custo de um euro. Já o custo da viagem será de 15 cêntimos por minuto, com uma tarifa máxima de 19 euros por dia.

Para segurança dos utilizadores, a velocidade máxima permitida serão os 25 quilómetros por hora, mas existe ainda o modo iniciante que permite que a velocidade máxima não ultrapasse os 15 quilómetros por hora.

“A Bolt tem a missão de ajudar as pessoas a deslocarem-se nas cidades de forma mais fácil e rápida, e as trotinetas elétricas surgem como uma alternativa aos carros para percorrer curtas distâncias. Queremos que este serviço seja uma opção segura e por isso disponibilizamos funcionalidades de controlo de velocidade”, explica David Ferreira da Silva, responsável pela Bolt em Portugal, acrescentando que a empresa está em colaboração com a Câmara Municipal de Faro para “apostar na micromobilidade sustentável e melhorar a circulação na cidade, ao mesmo tempo que contribuímos para a sua descarbonização”.

Para utilizar o novo serviço de trotinetas elétricas, basta fazer o download da App da Bolt num dispositivo iOS ou Android, criar conta e introduzir um método de pagamento.

No lançamento vão ser distribuídas 200 unidades, equipadas com localizadores GPS, que irão permitir visualizar no mapa da App quais os locais indicados para a recolha e entrega.

Além de Portugal, é possível andar nas trotinetas elétricas da Bolt em Espanha, Estónia, Letónia e Lituânia.