Economia

Lucros da Ryanair sobem 12% para 1240 milhões de euros

A companhia aérea justificou este aumento com a subida das vendas de bilhetes no Natal e no Ano Novo.  

A Ryanair registou um lucro de 1240 milhões de euros nos nove meses até 31 de dezembro de 2019, mais 12% face a igual período de 2018.  A companhia aérea justificou este aumento com a subida das vendas de bilhetes no Natal e no Ano Novo. 

As receitas totais subiram 14% para 7295 milhões de euros e o número de passageiros subiu para 35,9 milhões de passageiros entre outubro e dezembro de 2019. 

O preço médio das tarifas aéreas subiu 9% e as receitas auxiliares cresceram 28%, para 720 milhões de euros, devido sobretudo ao facto de que "cada vez mais clientes escolhem embarque com prioridade e os assentos", explica a empresa.

A Ryanair confirmou hoje que os acionistas recuperaram 440 milhões de euros graças ao programa de recompra de títulos avaliado em 700 milhões de euros, o qual será alargado até finais de julho próximo devido à "incerteza que rodeia" a entrega de aviões Boeing 737 MAX-200.

A companhia aérea anunciou em dezembro que vai eliminar empregos e fechar duas bases de operações no próximo verão devido a uma previsível queda do tráfego de passageiros provocada pelos atrasos da entrega deste tipo de aviões.