Internacional

Criança de seis anos morre uma semana depois de vencer cancro

A mãe de Zach criou uma angariação de fundos para construir um jardim na escola primária da criança.

Nabila Mughal Martin está a realizar uma angariação de fundos em honra do filho de seis anos que morreu, no Reino Unido, depois de ter vencido a batalha contra a leucemia. A criança não resistiu a uma infeção.

A mulher, que é mãe de outras duas crianças – de 5 anos e outra de 15 meses – disse que Zach, a quem a doença foi diagnosticada aos dois anos  era um “pequeno super herói muito corajoso”. “As palavras que o teu filho tem cancro são algo que nunca se esquece. É ainda muito cru e cansativo para nós”, disse.

A mãe de 36 anos começou então uma angariação de fundos para construir um jardim sensorial na escola primária da criança. Confessando que o filho "adorava ler", Nabila Mughal Martin quis prestar uma homenagem ao filho e construir um sítio onde todas as outras crianças que passassem pelo mesmo sítio que Zach pudessem “brincar e aprender”.

Zach foi diagnosticado com leucemia linfoblástica e realizou durante três anos e meio sessões de quimioterapia, que terminaram o ano passado. Dois dias antes do seu aniversário, em fevereiro do ano passado, a criança sofreu uma recaída e foi submetida a mais sessões de quimioterapia, tendo os médicos avisado de que iria ser preciso fazer uma transplante de medula óssea. Quatro meses depois, foi encontrado um dador compatível.

Apesar de a doença ter sido ultrapassada, o sistema imunitário da criança ficou tão debilitado, que não resistiu a uma infeção e Zach acabou por morrer, em agosto.