Vida

Marido da mãe do filho de Neymar deixa mensagem ao futebolista

Vinicius Martinez publicou longo texto nas redes sociais.

Tal como Cristiano Ronaldo, também Neymar assinalou, esta quarta-feira, dia 5 de fevereiro, o seu aniversário. Entre as várias publicações dirigidas ao jogador brasileiro, houve uma que se destacou: a longa mensagem de Vinicius Martinez, atual companheiro de Carol Dantas, ex-namorada e mãe do filho de Neymar.

"Neymar, em vez de falar para ti, quero falar de ti. Da minha forma. Como nunca fiz. Sob a minha perspetiva. Única. Afinal, ninguém nunca estará no meu papel em relação a ti, nem no teu em relação a mim", começou por escrever Vinicius na legenda de uma fotografia partilhada no Instagram, onde surge Neymar ao lado do filho Davi.

“Dito isto, e com toda licença que nossa relação permite… Vejo um menino querendo ser feliz. Querendo sorrir. Querendo multiplicar o seu sorriso pra que a alegria prolifere por todos os seus. Vejo um homem que usa esse mesmo menino acima como combustível para vestir uma armadura de responsabilidades que poucos tem, e que papai do céu colocou em ti sabendo do que estava fazendo. Elas não são fáceis. Nunca serão, e não sou eu que vou dizer o contrário”, acrescentou.

Numa mensagem que é um claro elogio ao jogador, Vinicius destaca o papel do futebolista como pai.

“Não sei qual dos dois eu prefiro. Na verdade, eles jogam juntos. Pra juntar tudo, vamos falar do ser humano que vejo (...) Eu posso ver o Neymar como um ser humano normal. Longe de ser perfeito. Ninguém é. Ele erra. Ele acerta. Como eu, e você. Eu posso ver um coração, que por mais que tímido em alguns momentos diante dos desafios da vida que só ele tem, explode de amor, de carinho, de compaixão. Eu posso ver um pai, jovem, mais jovem que eu quando pai, sendo referência para um filho independente de qualquer coisa. Um filho que inclusive não cansa de me ensinar todos os dias a te admirar mais. Do jeitinho dele no papel de filho. De amigo”, realçou.

Vinicius Martinez fala então do filho que tem comum com Carol, Valetin, recordando a reação do jogador quando soube da chegada da criança, no ano passado.

“Eu posso ver esse mesmo pai, com esse mesmo espírito de referência para muitos outros filhos. Inclusive, o meu. Quando ele soube que o Valentin viria ao mundo, abraçou 100% me dando forças, e me direcionando para um caminho até então incerto, mas que nas suas palavras, seria o meu melhor caminho do mundo. Você acertou. Não só no caminho que me guiou, mas também o gol que fez pra ele no seu primeiro dia de vida. Eu posso ver o cara que acreditou em mim, na minha esposa, mãe do seu filho e uma de suas melhores amigas, fazendo com que aos meus 24/25 anos, eu tivesse que me tornar maduro, pronto, e vestisse a capa de um super herói de uma família a qual seu filho faz parte. Eu posso ver harmonia”, rematou.

Neymar reagiu e mostrou-se em palavras. "Sem palavras. Obrigado irmão", comentou.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Neymar, ao invés de falar para você, quero falar de você. Da minha forma. Como nunca fiz. Sob a minha perspectiva. Única. Afinal, ninguém nunca estará no meu papel em relação à você, nem no seu em relação a mim. Dito isto, e com toda licença que nossa relação permite… Vejo um menino querendo ser feliz. Querendo sorrir. Querendo multiplicar o seu sorriso pra que a alegria prolifere por todos os seus. Vejo um homem que usa esse mesmo menino acima como combustível para vestir uma armadura de responsabilidades que poucos tem, e que papai do céu colocou em ti sabendo do que estava fazendo. Elas não são fáceis. Nunca serão, e não sou eu que vou dizer o contrário. Não sei qual dos dois eu prefiro. Na verdade, eles jogam juntos. Pra juntar tudo, vamos falar do ser humano que vejo. Que vivo. Que quando posso, cuido, e que sem dúvidas, tenho muito amor. Muita gente já até imagina alguns porquês disso. Muita gente está errada. Te explico. Eu posso ver o Neymar como um ser humano normal. Longe de ser perfeito. Ninguém é. Ele erra. Ele acerta. Como eu, e você. Eu posso ver um coração, que por mais que tímido em alguns momentos diante dos desafios da vida que só ele tem, explode de amor, de carinho, de compaixão. Eu posso ver um pai, jovem, mais jovem que eu quando pai, sendo referência para um filho independente de qualquer coisa. Um filho que inclusive não cansa de me ensinar todos os dias a te admirar mais. Do jeitinho dele no papel de filho. De amigo. Eu posso ver esse mesmo pai, com esse mesmo espirito de referência para muitos outros filhos. Inclusive, o meu. Quando ele soube que o Valentin viria ao mundo, abraçou 100% me dando forças, e me direcionando para um caminho até então incerto, mas que nas suas palavras, seria o meu melhor caminho do mundo. Você acertou. Não só no caminho que me guiou, mas também o gol que fez pra ele no seu primeiro dia de vida. Eu posso ver o cara que acreditou em mim, na minha esposa, mãe do seu filho e uma de suas melhores amigas, fazendo com que aos meus 24/25 anos, eu tivesse que me tornar maduro, pronto, e vestisse a capa de um super herói de uma família a qual seu filho faz parte. Eu posso ver harmonia. (CONTINUAÇÃO NO COMENTÁRIO)

A post shared by Vinicius Martinez (@martinezvini) on