Vida

Mãe de Diogo Carmona acusa ator de violência doméstica

O ator confessou que "se houve violência, foi das duas partes".

Depois de, em 2018, Diogo Carmona ter revelado, publicamente, que a mãe lhe tinha gasto o dinheiro que ganhou com os seus trabalhos de representação, a mãe garantiu que o filho a maltratava. Patrícia Carmona chegou a chamar a polícia algumas vezes, segundo o Correio da Manhã, intervenções que terão resultado em dois processos interpostos pelo Ministério Público.

O ator esteve presente no Tribunal de Cascais, na terça-feira, na companhia do advogado Jorge Santos para uma audiência que acabou por ser adiada. Segundo o advogado, “A audiência foi adiada porque existe um outro processo, com a mesma origem e os mesmos intervenientes, e, muito possivelmente, as duas queixas vão ser agregadas. Uma referente a 2018 e a outra a 2019".

Segundo a mesma publicação, Diogo Carmona, que, segundo o advogado está “tranquilo”, estará também afastado da mãe e da avó. “"Não as via há muito tempo. Elas são-me indiferentes", garantiu.

O ator terá ficado com termo de identidade e residência e defendeu que “se houve violência, foi das duas partes”. Dogo Carmona revelou ainda que o seu grande apoio têm sido os avós paternos.

Recorde-se que, na sequência de um acidente com um comboio, em São João do Estoril, o pé direito do ator teve que ser amputado.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Acompanhado com o melhor advogado do Mundo 🌎 Dr. Manuel Dos Santos

A post shared by Diogo Carmona Rebelo (@diogo_carmona_rebelo) on