Internacional

YouTuber encomenda homicídio da mãe para se tornar famoso

Os vídeos publicados pelo homem de 30 anos serviram como prova em tribunal.

Um homem de Chicago foi condenado, no dia 31 de janeiro, a 99 anos de prisão por ser responsável pela morte da mãe. Qaw’mane Wilson estava acusado de homicídio em primeiro grau, segundo o Washington Post, depois de ter contratado um assassino.

Young QC, como também era conhecido, terá, segundo a mesma publicação, cometido o crime para ficar com a herança da mãe. A maior ambição do homem era ser um rapper famoso e rico. Oito meses depois da morte da mãe, publicou um vídeo no YouTube, onde, num Ford Mustang, se dirigia a uma agência bancária onde levantou milhares de dólares que herdou. Depois de sair de Chase Bank, Young QC filmou-se a atirar o dinheiro, em notas de 100 dólares, aos clientes de um shopping.

O vídeo, que teve mais de 650 mil visualizações, foi uma das provas apresentadas contra o youtuber no julgamento. O júri concluiu que a herança e o seguro da mãe, avaliados em quase 82 mil euros, incentivaram o homem a encomendar a morte da mãe. "Tudo o que ele [Wilson] queria, a mãe dava: um carro, um emprego. Podemos dizer que era uma criança mimada. Ela deu vida a Qaw'mane e ele decidiu roubar a dela", disse o juiz Stanley Sacks.

De acordo a publicação Sun Times, quando foi detido, Young QC confessou ter contratado alguém, mas alegou que era para ser um assalto e não um homicídio. O assassino confessou que young QC lhe prometeu cerca de 3200 dólares para matar a mãe, mas acabou por lhe pagar cerca de 63 euros. Eugene Spencer, o assassino, entrou na casa da vítima durante a noite e disparou sobre ela e esfaqueou-a. O companheiro da mulher, que se encontrava em casa, acabou por expulsar o assassino de casa, segundo a mesma publicação.