Sociedade

Vasco Brazão recusa prestar declarações em fase de instrução do processo Tancos

A decisão do ex-porta voz da Polícia Judiciária Militar fez o juiz cancelar a audiência.

Vasco Brazão, o ex-porta voz da Polícia Judiciária Militar, anunciou, esta sexta-feira, que não irá prestar declarações na fase de instrução do processo Tancos, marcada para segunda-feira, avançou a TVI24. Segundo um despacho, obtido pela mesma publicação, a decisão de Vasco Brazão fez o juiz cancelar a audiência, visto o ex-porta voz da PJ Militar recusar-se a responder ao interrogatório. 

Vasco Brazão é acusado de cinco crimes e é considerado um dos mentores do plano de encenação para recuperar as armas furtadas em Tancos.