Cultura

Art Basel. Coronavírus cancela feira

Uma das grandes feiras de arte contemporânea da Ásia foi cancelada devido ao novo vírus, anunciou a organização.

A feira de arte contemporânea Art Basel, que se realizaria no final de março em Hong Kong, foi cancelada por causa do surto de coronavírus que continua a manter o quotidiano em suspenso naquela parte do globo. 

«Não temos escolha a não ser cancelar a feira», disse, esta sexta-feira, o presidente executivo Bernd Stadlwieser. «Foi uma decisão extremamente difícil», acrescentou, num comunicado do grupo MCH, a empresa suíça responsável pela organização da feira. «Analisámos todas as outras opções, incluindo o adiamento, e reunimos todos os conselhos e opiniões de proprietários de galerias, parceiros e especialistas externos», assegurou. «Temos plena consciência do importante papel que a feira desempenha no cenário cultural da região e para as nossas galerias, tanto na Ásia quanto em todo o mundo. A nossa equipa dedicou muito tempo e esforço para garantir que a edição de março fosse um sucesso. Infelizmente, o surto repentino e a rápida disseminação do novo coronavírus mudaram radicalmente a situação».

Desde 2013 que a Art Basel se realiza anualmente em Hong Kong e nem os crescentes problemas na região autónoma – nos quais se incluem as gigantescas manifestações contra o autoritarismo de Pequim – têm afastado os comprados de arte contemporânea chineses, que todos os anos visitam esta que é uma das maiores feiras de arte contemporâneas no Oriente. 

Adeline Ooi, diretora do certamente, já prometeu que a feira irá voltar em 2020, mas para já os tempos pedem medidas especiais. Numa tentativa de conter o vírus que se começou a disseminar a partir da cidade de Wuhan, Hong Kong notificou ontem o Governo de Macau de que vai colocar sob quarentena todos os que passarem a fronteira e que tenham estado na China continental nos 14 dias anteriores. A medida entra este sábado em vigor e a região administrativa chinesa já avisou que irá deter ou multar quem não cumprir a quarentena.