Sociedade

Turistas alvo de ataque com faca junto ao Castelo de São Jorge em Lisboa

Vítima estava a ajudar outro turista quando foi esfaqueado na “zona lombar”.

Um homem de 27 anos foi detido pela PSP, depois de ter alegadamente esfaqueado um turista junto ao Castelo de São Jorge, em Lisboa.

O detido é ainda suspeito de ter tentado esfaquear outra pessoa. Sobre ele recae também a suspeita da prática de dois crimes de ofensas à integridade física qualificada e ainda a suspeita dos crimes de tráfico de estupefacientes, falsificação de documento e falta de habilitação legal para conduzir. 

O esfaqueamento ocorreu no dia 8 de fevereiro pelas 16h, quando um turista que circulava a pé deu um "pequeno toque inadvertido numa viatura que ali passava", lê-se no comunicado do Comando Metropolitano da PSP. "Um dos ocupantes da mesma tentou agredir o homem com uma arma branca, só não o atingindo porque foi impedido por populares", adiantou ainda aquela autoridade.

Um segundo turista, de 72 anos, tentou ajudar o primeiro e acabou por ser esfaqueado "na zona lombar", tendo desmaiado. A vítima foi transportada para o hospital e a sua condição obrigou a internamento.

Mais tarde, a polícia conseguiu “localizar a viatura utilizada pelo suspeito das agressões, sendo que, cerca das 21h00, foi possível localizar o mesmo. Ao ser abordado pelos polícias, agrediu-os e encetou fuga apeada, deixando a viatura para trás. Prontamente perseguido, e já no meio do Bairro de Alfama, foi possível deter o mesmo".

O suspeito tinha na sua posse estupefacientes e a sua carta de condução era "contrafeita". Foi presente a tribunal, tendo-lhe sido decretada a medida de coação de apresentações diárias às autoridades.