Economia

Programa da Deco Proteste permite poupar 29% da energia doméstica em Portugal

A Deco Proteste apresentou programa de poupança energética realizado com o apoio de 24 famílias portuguesas, obtendo valores de poupança que variaram entre os 19 e os 503 euros. 

O projeto de poupança energética da Deco Proteste permitiu a poupança de 2 226 euros por ano para umtotal de 24 famílias. De acordo com a entidade, as medidas aplicadas podem criar uma poupança de 29% do consumo residencial de energia de Portugal.

 As 24 famílias envolvidas neste projecto foram apoiadas no âmbito do projeto CLEAR 2.0, financiado pelo programa Horizonte 2020 da Comissão Europeia. A Deco Proteste ajudou com 300 conselhos personalizados, permitindo obter um potencial de poupança anual de 18 MWh, evitando a emissão de 5 882 kg de emissões de CO2 na atmosfera – o equivalente a 37 viagens de ida e volta Lisboa-Madrid, usando um carro a gasóleo.

A poupança anual variou entre 19 e 503 euros e, no total, as 24 famílias envolvidas pouparam 2 226 euros, através de medidas simples e sem perder conforto. O estudo concluiu que o potencial de poupança mais elevado verificou-se no aquecimento central e que quem já usava fontes de energias renováveis revelou um potencial menor, o que vem demonstrar a mais-valia da aposta.

Segundo relatório, “o perfil das famílias sem fonte de energia renovável representa 77% da população portuguesa, enquanto o segundo perfil com fonte de energias renováveis corresponde a 23%”. “Se todas as famílias aplicarem estes conselhos, poderão ser poupados 5,5 TWh de energia produzida correspondente a 29% do consumo residencial de energia de Portugal”, lê-se na nota divulgada.