Vida

Não vale a pena pôr papel no assento da sanita

Quando se usa uma casa de banho pública todas as técnicas são válidas. Mas, aparentemente, nenhuma delas vale a pena o esforço.

Porquê? “Porque os tampos das sanitas não são agentes de transmissão de doenças infecciosas”, assegura William Schaffner, especialista em doenças infecciosas e professor de Medicina Preventiva no Vanderbilt University Medical Center, citado pelo The Huffigton Post, que diz não haver qualquer fundamento nas teorias segundo as quais é possível apanhar doenças sexualmente transmissíveis ou gastro-intestinais apenas por entrar em contacto com o assento de uma sanita.

O médico explica que isso não significa que não se encontrem bactérias como E. coli e streptococcus nos assentos das sanitas, só que a pele que fica em contacto com estes agentes serve de barreira protectora e é pouco provável contrair uma doença desta forma.

Há, contudo, que não esquecer a regra mais importante de higiene quando se usa uma casa-de-banho pública ou não: lavar sempre bem as mãos.