Internacional

Sudão entrega ditador Bashir ao Tribunal Penal Internacional

O compromisso de entregar al-Bashir ao tribunal sediado em Haia, Holanda, surgiu como concessão ao Sudão do Sul, nas negociações entre estes e o Sudão.

As autoridades sudanesas concordaram entregar ao Tribunal Penal Internacional o ex-ditador do Sudão, Omar al-Bashir, acusado de genocídio e crimes de guerra, por causa das ações das suas tropas na guerra do Darfur, em 2003. Um conflito que causou a morte de mais de 300 mil pessoas.

O compromisso de entregar al-Bashir ao tribunal sediado em Haia, Holanda, surgiu como concessão ao Sudão do Sul, nas negociações entre estes e o Sudão.

"A justiça não pode ser alcançada se não sararmos as feridas", disse à BBC Mohammed Hassan al-Taishi, porta-voz do Governo sudanês. "Estamos a fazer o que o povo sudanês nos pediu para fazer", concluiu.