Desporto

Quaresma: "Também eu já fui várias vezes vítima de racismo dentro e fora de campo"

Futebolista pronunciou-se sobre o que aconteceu com Marega, este domingo.

Quaresma utilizou as redes sociais para expressar a sua solidariedade com Marega, jogador do FC Porto, alvo de insultos racistas, no jogo deste domingo frente ao Vitória SC.

Gostava de expressar toda a minha solidariedade para com o Marega”, começou por escrever Quaresma, numa publicação partilhada no Instagram.
 
“Também eu já fui várias vezes vítima de racismo dentro e fora de campo. A cor da pele ou a raça do jogador não podem ser argumentos para ofender e tentar desconcentrar um jogador de futebol. O mesmo se aplica fora de campo. O racismo não pode ter lugar na nossa sociedade é um crime que deve ser punido”, acrescentou.

Recorde-se que foi pouco depois de marcar o golo que colocou de novo o FC Porto em vantagem (e que fixou o resultado final, 1-2) que o portista Moussa Marega interrompeu subitamente o jogo, como forma de protesto contra os insultos racistas que vinha recebendo das bancadas, e abandonou o campo. Os outros jogadores e o treinador, Sérgio Conceição, chegaram a tentar demovê-lo, mas sem sucesso.