Sociedade

João Moura detido por maus-tratos a animais de companhia

João Moura foi esta tarde presente a primeiro interrogatório no Tribunal de Portalegre

O cavaleiro tauromáquico João Moura foi detido esta quarta-feira, dia 19, na sua herdade, em Monforte, avançou a Rádio Elvas.

Uma investigação do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) e da Guarda Nacional Republicana (GNR) concluiu que o cavaleiro de 59 anos praticava crimes de maus-tratos a animais de companhia. 

João Moura foi esta tarde presente a primeiro interrogatório no Tribunal de Portalegre.

Recorde-se que o filho de João Moura, conhecido por João Moura Jr.,  foi acusado em 2013 de promover a luta entre animais, devido a fotografias encontradas na página do cavaleiro, onde se veem vários cães, mais precisamente alanos espanhóis, a atacar um touro jovem.