Vida

Mãe de três filhos cria serviço de empregadas de limpeza nuas que pode chegar aos 114 euros por hora

Mulher fartou-se de fazer limpezas num hotel e decidiu criar o seu próprio negócio.

Claire O’Connor, 35 anos, e mãe de três filhos, decidiu criar o seu próprio negócio de limpeza depois de ficar farta de trabalhar num hotel.

O serviço idealizado por Claire consiste em deslocar-se a casa dos clientes para fazer uma limpeza profunda, mas com um pequeno pormenor. Durante o serviço, a limpeza é feita estando parcialmente ou integralmente nua. É o cliente que decide quanto quer gastar...e o que quer ver.

A mulher já tem inclusivamente uma tabela de preços para os interessados. Assim, limpeza com nu integral chega aos 114 euros por hora. Já a limpeza estando apenas em topless custa cerca de 102 euros, enquanto o serviço em lingerie fica pelos 90 euros.

“Ainda está numa fase muito inicial. Pensei em criar algo diferente e pode ser que alguém goste. O serviço consiste numa limpeza da casa e apenas uma pessoa pode estar presente”, disse Claire.

Para garantir que tudo corre bem, Claire decidiu ciar algumas regras que garantam a sua segurança. “Não pode haver contacto, não é possível tirar fotografias e não há extras”.

Quando Claire contou ao marido os seus planos a reação inicial não foi a melhor. Rob, de 39 anos, pensou que fosse uma brincadeira da mulher, mas mais tarde acabou por aceitar a ideia, possivelmente seduzido pelo dinheiro que pode entrar em casa.

As reações na internet dividem-se, como já é habitual, há os que consideram ser uma boa ideia e os que consideram que é uma ideia infeliz e oportunista. “O público mais velho certamente ficará agradado”, comenta um internauta, enquanto outro utilizador questiona os princípios do negócio. “O que as pessoas fazem para ganhar dinheiro. Será que já não há decência?”.