Sociedade

João Mário sobre o caso Marega: "Fala-se muito e não se faz nada"

O jogador português afirma que o Governo tem de tomar uma atitude.

O internacional português João Mário, que alinha pelo Lokomotiv de Moscovo, falou, esta sexta-feira, sobre o caso Marega e sublinha que o Governo tem de tomar uma atitude no que toca aos casos de racismo, dentro e fora do campo de futebol.

"Este caso foi muito feio, mas fala-se muito e não se faz nada. Se não se tomarem medidas a sério, estas situações vão repetir-se", disse, em declarações à agência espanhola EFE.

De acordo com o jogador, os casos de racismo são um "problema cultural" e têm tendência a ocorrer "sempre nos mesmos sítios e nos mesmos países, não apenas no futebol".