Sociedade

Coronavírus: Autoridades japonesas confirmam infeção de tripulante português

Adriano Luís Maranhão está a bordo do cruzeiro Diamond Princess.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) informou, este domingo, que as autoridades japonesas confirmaram que os testes ao português Adriano Maranhão, que se encontra a bordo do navio Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama, deram positivo para o novo coronavírus.

O MNE diz estar "a insistir junto das autoridades locais para que se proceda à sua transferência para o hospital de referência".

Emanuelle Maranhão, mulher do português, queixou-se, em declarações à SIC,  das condições que o marido se encontra no navio onde trabalha há cinco anos como canalizador. Adriano está "preso" numa cabine, sem qualquer contacto "nas últimas 10 horas". Desde que o navio entrou em quarentena, Emanuelle fala com o marido "três a quatro vezes por dia".

Em declarações à TSF, Adriano disse estar “revoltado” com a situação.

A Direção-Geral da Saúde disse à Renascença que há pelo menos mais quatro portugueses que fazem parte da tripulação do navio.