Cultura

Covid-19. Feira do Livro Infantil de Bolonha adiada

São esperados cerca de trinta mil visitantes neste que é o maior certame do mundo dedicado à literatura e à ilustração infantil.

A Feira do Livro Infantil de Bolonha, o maior e mais relevante certamente dedicado à literatura e ilustração pensada para as crianças, não se irá realizar na data prevista dado o surto de coronavírus em Itália, revelou ontem a organização.A 57.ª edição da feira estava marcada de 30 de março a 2 de abril, mas irá afinal realizar-se de 4 a 7 de maio, devido “à emergência do vírus Covid-19”.

A Feira do Livro Infantil de Bolonha recebe, por ano, cerca de 30 mil profissionais da área. Criada em 1964, a Feira é um dos principais espaços de compra e venda de direitos de livros, mas também inclui exposições, distingue os melhores livros editado em todo o mundo, promove debates e encontros com autores e ilustradores.

As editoras portuguesas Pato Lógico e a Orfeu Negro irão estar presentes, como tem acontecido nos últimos anos.