Sociedade

Costa deseja melhoras a doentes com coronavírus e realça "confiança" no SNS

Recorde-se que a ministra da Saúde, Marta Temido, confirmou, esta segunda-feira, que foi registado o primeiro caso de coronavírus em Portugal e que um segundo caso, que deu positvo, aguarda validação do Instituto Nacional Ricardo Jorge.

 


António Costa disse, esta segunda-feira, que “tratando-se de uma epidemia de escala global, necessariamente Portugal” haveria de ter casos confirmados do novo coronavírus.

"Creio que todos temos consciência que, tratando-se de uma epidemia de escala global, necessariamente Portugal haveria de ter casos confirmados", disse o primeiro-ministro, depois de a ministra da Saúde confirmar os dois primeiros casos de Covid-19 no país.

Além de desejar melhoras aos pacientes infetados, Costa realçou a confiança “no nosso SNS, em todos os seus profissionais, que seguramente estarão a altura desta situação”.

O chefe do Executivo reforçou as recomendações já feitas, e relembrou a importância de prevenir o contágio.

“Todos [temos de estar] conscientes do risco, mas também manter a calma e a serenidade", disse.

“Cada pessoa que tenha tido contacto com alguém que esteja contaminado, ou que venha a saber que está contaminado, que esteja particularmente atento aos sintomas que tem e, em caso de sintomas, recorrer à linha Saúde 24 (808 24 24 24). E a partir daí seguir as instruções", afirmou, evidenciado o risco de recorrer imediatamente a uma unidade hospitalar em caso de sintomas.

“Se corrermos todos para um hospital, arriscamo-nos a transmitir aos outros ou a ser contaminados por outros”, rematou.