Sociedade

EM DIRETO| Estados de alerta, contingência e calamidade mantêm-se pelo menos até ao final de julho

O Conselho de Ministros, reunido de forma extraordinária esta terça-feira, com o primeiro-ministro a participar por videoconferência a partir de Budapeste, decidiu, sem grande surpresa prolongar o estado de alerta no país, à exceção da Área Metropolitana de Lisboa, que continuará em contingência, e de 19 freguesias que viram renovado o estado de calamidade.