Sociedade

Covid-19. Bispos portugueses recomendam que comunhão seja recebida na mão e que beijos de paz nas missas terminem

A recomendação foi feita esta segunda-feira, depois de terem sido confirmados os dois primeiros casos do novo coronavírus em Portugal.


A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) recomendou, esta segunda-feira, depois dos primeiros casos do novo coronavírus terem sido confirmados em Portugal, que a comunhão seja recebida na mão e que deixem de se dar beijos em nome da paz nas eucaristias, para assegurar a saúde dos fiéis.

"Como em situações semelhantes e em sintonia com outras conferências episcopais e dioceses, e para evitar situações de risco, recomendamos algumas medidas de prudência nas celebrações e espaços litúrgicos, como, por exemplo, a comunhão na mão, a comunhão por intinção [molhar a hóstia no vinho consagrado] dos sacerdotes concelebrantes, a omissão do gesto da paz e o não uso da água nas pias batismais", pode ler-se num comunicado enviado pelo Conselho Permanente da CEP às redações. 

Os fiés devem seguir "estritamente as indicações e normas da Direção-Geral da Saúde" e devem tomar prevenções nos cuidados de higiene, acrescenta a nota.