Vida

Ronaldinho foi detido... e polícias não resistiram a tirar uma selfie

O comissário-chefe da polícia metropolitana de Assunção partilhou uma fotografia com o craque no Facebook.

Ronaldinho Gaúcho foi detido, esta quarta-feira, no Paraguai, por ter em sua posse um passaporte falso. No entanto, nem por ter cometido uma irregularidade, Ronaldinho deixa de ser Ronaldinho. O comissário-chefe da polícia metropolitana de Assunção, Miguel López Russo, não perdeu a oportunidade para tirar uma foto ao lado do ex-jogador de futebol brasileiro para publicar nas redes sociais.

A imagem foi alvo de críticas por alguns seguidores do comissário da polícia, que afirmam que Ronaldinho deveria ser tratado como qualquer outro detido. "Ele estava à espera e sabíamos que havia gente que o queria cumprimentar. Falámos com ele e como se trata de um ídolo mundial, e eu sou fã de futebol, começámos com algumas piadas e acabei por lhe pedir para tirar uma foto. Tive essa possibilidade porque sou o chefe da Comissária. Foi uma simples foto e publiquei-a no meu Facebook. Todos o aceitaram bem, mas sei que há quem não seja da mesma opinião e por isso peço desculpas", escreveu Miguel López Russo.