Vida

Atriz portuguesa de ascendência chinesa alvo de racismo em Cascais

A artista usou as redes sociais para contar o episódio.

A atriz e modelo portuguesa, de ascendência chinesa, Jani Zhao, foi vítima de um ataque xenófobo em Cascais, devido ao Covid-19, que já infetou 39 pessoas em Portugal. A artista usou as redes sociais para partilhar o episódio que a deixou "petrificada".

"Fui almoçar a uma esplanada de uma praia na Linha de Cascais. Quando estava a arrumar as coisas para me ir embora, aproximou-se uma família (os pais e uma rapariga já crescida agarrada à sua prancha de surf). Enquanto esperavam que saísse, o pai achou por bem mandar uma piada (pareceu-me que não foi com a intenção de a ouvir) relacionada com o Coronavírus. Fiquei petrificada", começou por escrever a artista de 28 anos.

"Só consegui olhar-lhe fixamente nos olhos. Ele percebeu que tinha ouvido. A filha ficou cheia de vergonha. O empregado, de uma simpatia estrondosa, começou a arrumar a mesa e percebeu, provavelmente pela minha cara, que algo se tinha passado. Partilhei que aquela pessoa tinha dito algo ofensivo", continuou.

"O senhor empregado mostrou-se pronto para me defender quando disse que não era necessário. Acho sinceramente que nestas alturas não é com conversa que se vai lá. É um gasto da nossa energia e tempo em vão. A indiferença é a melhor resposta. Por mais que nos custe. O senhor empregado disse prontamente que a mesa estava reservada e disse-me entredentes "assim vão ficar em pé à espera". Sorri e agradeci o gesto e o apoio", acrescentou.

Jani Zhao acabou por criticar a postura do agressor. "Há pessoas mal formadas e dão o pior exemplo aos seus filhos. Que triste."

Veja a publicação da atriz nas redes sociais na galeria