Vida

Melhores amigas descobrem depois de 17 anos que são irmãs

A mãe de Ashley morreu há 11 anos e esta nunca soube quem era o seu pai biológico. 

Ashley Thomas e Latoya Wimberly foram melhores amigas durante grande parte da sua vida. 17 anos precisamente. As jovens sempre partilharam “um laço inequebrável”, mas nunca sonharam que pudesse existir uma ligação familiar... até fevereiro do ano passado, quando descobriram que eram irmãs.

Em 2004, quando eram adolescentes, conheceram-se numa festa de aniversário e desde aí nunca mais se largaram. Falavam diariamente por chamada e tratavam-se por “manas”.

Depois da festa de noivado de Latoya, de 29 anos, Ashley, de 31, colocou algumas fotografias no Facebook, onde aparecia o pai da amiga, Kenneth Wimberly. Uma amiga da mãe de Ashley quando viu as imagens percebeu que conhecia Kenneth.

"A melhor amiga da mãe de Ashley disse-lhe que não tinha ideia que Kenneth era o meu pai. Contou que ela e a mãe de Ashley costumavam sair com ele quando eram jovens. Quando Ashley me contou, soube que alguma coisa ali não batia certo e pedi-lhe que me enviasse uma fotografia da melhor amiga da mãe dela para eu mostrar ao meu pai e perguntar-lhe se ele a reconhecia”, conta Latoya à CNN.

Kenneth Wimberly reconheceu de imediato a mulher e depois de ver uma fotografia da mãe de Ashley admitiu que tinham tido um breve romance quando eram mais novos. A mãe de Ashley morreu há 11 anos e esta nunca soube quem era o seu pai biológico. 

Ao perceber que a mãe e o pai da sua melhor amiga se tinham envolvido, Ashley começou a questionar-se se Kenneth poderia ser o seu pai. E depois de fazer um teste de ADN, as suas desconfianças confirmaram-se: Kenneth é o seu pai biológico e a sua melhor amiga Latoya é sua irmã.

Ashley sempre foi muito próxima da família de Latoya, especialmente de Kenneth, que a tratava como uma filha. "Quando, em algum evento lhe perguntavam quem eram as raparigas que estavam com ele, ele respondia: “Aquelas são as minhas filhotas”, conta Latoya.

Ashley diz sentir que a descoberta é "bonita", mas também "extremamente emocional". "Eu tenho muitas perguntas para a minha mãe e nunca terei nenhuma dessas respostas", lamentou "Ela sabia que ele era meu pai? Big Kenny era como meu pai", acrescentou. "Ele esteve lá por mim o tempo todo e eu não fazia ideia de quem ele era na verdade", acrescenta.

Kenneth diz querer aproximar-se ainda mais dos filhos de Ashley, criar uma relação ainda mais forte com ela e amá-la "como sua filha".