Sociedade

Detido por violência doméstica e maus-tratos a animais. GNR encontrou cães enterrados em elevado estado de decomposição

Força de segurança apreendeu diverso material cirúrgico, fármacos, um revolver e chumbos de 4.50 mm, e 16 cães.

Um homem, de 31 anos, foi detido pela GNR de Setúbal, por suspeita dos crimes de violência doméstica e de maus-tratos a animais de companhia, na Quinta do Anjo, em Palmela.

Em comunicado, a força de segurança explica que, no âmbito de uma investigação que decorria há dois meses, foi possível apurar que o suspeito agredia a ex-companheira e dedicava-se à criação de cães de raça para, posteriormente, os vender. 

“Na sequência de uma investigação que decorria há cerca de dois meses pela prática do crime de violência doméstica, foi possível apurar que o suspeito agrediu a sua ex-companheira, de 42 anos, ao longo dos últimos três anos. Ainda foi possível verificar que o agressor se dedicava à criação de canídeos de raça American Bully, para posterior comercialização, não tendo habilitação ou certificação para o efeito", lê-se na nota.

Os animais viviam em péssimas condições, fechados em jaulas. A GNR detetou ainda a existência de três canídeos enterrados, já em elevado estado de decomposição". Os cadáveres foram encaminhados para a Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa, para serem sujeitos a necropsia.

A força de segurança apreendeu ainda diverso material cirúrgico, fármacos, um revolver e chumbos de 4.50 mm, e 16 cães.

O detido será esta quarta-feira presente no Tribunal Judicial de Setúbal para aplicação de medidas de coação.