Internacional

Erdogan compara forças de segurança gregas com nazis

“Não há diferença entre aquelas imagens na fronteira grega e o que os nazis fizeram”, disse esta quarta-feira Erdogan.


O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, comparou as forças de segurança gregas com os nazis, por usarem a força contra migrantes que tentam cruzar a fronteira entre a Turquia e a União Europeia.

“Não há diferença entre aquelas imagens na fronteira grega e o que os nazis fizeram”, disse esta quarta-feira Erdogan, citado pela Reuters.

"Abrir fogo contra pessoas inocentes, expondo-as a todos os tipos de tratamento desumano. [É] uma barbárie no sentido pleno da palavra ”, disse, repetindo seu apelo à Grécia para permitir que os migrantes cruzem seu território para chegar à Europa Ocidental.

As forças gregas têm utilizado gás lacrimogéneo e canhões de gás para impedirem as dezenas de milhares de refugiados de cruzarem a fronteira, desde que a Turquia disse que não os ia manter mais no seu território.

Atenas já, inclusive, suspendeu as aplicações de asilo durante um mês e diz que impediu 42 mil migrantes de entrarem ilegalmente na UE, nas últimas duas semanas.