Sociedade

Homem de 20 anos suspeito de abuso sexual de menores fica em liberdade

Os pais do suspeito também foram detidos, visto os abusos terem acontecido 

Um homem de 20 anos foi detido, esta terça-feira, por “fortes indícios” de abusos sexuais a uma menor de 14 anos, no distrito de Portalegre, anunciou a Polícia Judiciária através de um comunicado.

Os abusos terão começado quando a menina tinha 13 anos, em agosto de 2018, segundo as autoridades, “altura em que a menor fugiu de uma instituição e passou a viver em união de facto com o visado”, pode ler-se na nota. Os abusos "ocorriam na habitação de familiares do suspeito e com a conivência dos pais”, que também foram detidos pela PJ.

Apesar de as autoridades terem localizado a menor e terem-na devolvido à instituição, esta voltou a escapar e a ir viver com o homem e com os pais, numa nova casa. 

A menor encontra-se agora numa nova instituição de acolhimento, num distrito diferente, segundo as autoridades.

Os detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial e a partir de agora terão de se apresentar semanalmente às autoridades e estão proibidos de entrar em contacto com a vítima.

O crime de abuso sexual de crianças (até aos 13 anos) estabelece uma pena de prisão de três a 10 anos. A prática de atos sexuais com adolescentes (entre 14 e 16 anos) é um crime punido com pena de prisão até três anos.