Sociedade

Homens tentam enganar idoso em Lisboa com alegados comprimidos contra o coronavírus

 Os dois indivíduos bateram à porta da casa de um idoso e apresentaram-se como técnicos de saúde. 

Dois homens tentaram enganar, pelo menos, um idoso com um alegado medicamento contra o Covid-19 e tentaram vendê-lo por 35 euros.

A situação ocorreu na freguesia de Santo António, em Lisboa. Os dois indivíduos bateram à porta da casa de um idoso e apresentaram-se como técnicos de saúde. “Levavam os panfletos da Direção-Geral da Saúde, provavelmente impressos a partir da Internet", descreve o presidente da junta de freguesia, Vasco Morgado, que já emitiu um alerta para todos os moradores da freguesia através das redes sociais e esclareceu  que "nenhum profissional de saúde anda de porta em porta a dar informações ou conselhos sobre o coronavírus".

Os alegados especialistas de saúde disseram ao idoso que os comprimidos “ajudavam muito a evitar o coronavírus” e que estavam a trabalhar com as autoridades de saúde e com a junta de freguesia. Desconfiado da situação, o homem disse que iria confirmar então com a junta.

Quando perceberam que iriam ser desmascarados, os homens disseram que teriam "de se ausentar um bocadinho para ir buscar umas coisas ao carro. Saíram do prédio e desapareceram", explica Vasco Morgado. "Nunca imaginamos que, perante o que estamos a viver, houvesse gente a tentar burlar terceiros", confessa o presidente da junta.