Sociedade

"Não estivemos parados. Mas tememos não estar preparados porque não dependemos só de nós”

Marta Temido sublinha que “este é um momento de responsabilidade de todos"

A ministra da Saúde, Marta Temido, garantiu, esta sexta-feira no Parlamento, que o Governo se tem desdobrado em esforços para garantir uma resposta adequada ao Covid-19. "Não estivemos parados”, afirmou, acrescentando: “Contudo, como todos os outros, tememos nao estar preparados, porque não dependemos só de nós", afirmou.

Sobre eventuais restrições a viagens, assunto abordado por alguns partidos, Marta Temido sublinhou que tais medidas poderia criar uma “ilusão” de proteção.

O acesso aos testes da presença do vírus foi um dos pontos mais falados esta manhã na Assembleia, tendo a ministra garantido que há capacidade para alargar a realização das análises, mas só na medida em que as autoridades de saúde as recomendem.

É necessário "alinhar precaução com mitigação, mas não deixando nunca de ajudar ninguém", para que ninguém fique em casa "sem pão, sem água e sem serviços básicos", disse.

"Este é um momento de responsabilidade de todos", sublinhou, tendo ainda apelado à necessidade de se "discutir serenamente e partilhar ensinamentos".