Internacional

Estados Unidos vão testar vacina contra Covid-19 em humanos

Segundo os investigadores, a vacina experimental teve resultados promissores nos animais. 

Os Estados Unidos anunciaram, esta segunda-feira, ter começado a testar uma vacina em investigação para proteção da Covid-19, que já infetou mais de 150 mil pessoas em todo o mundo.

"A fase 1 do ensaio clínico para avaliar uma vacina em investigação projetada para a doença de coronavírus 2019 (COVID-19) começou no Instituto de Pesquisa em Saúde Kaiser Permanente Washington em Seattle", disse o Instituto, que financia este projeto, em comunicado, citado pela CNN. 

"Encontrar uma vacina segura e eficaz para prevenir a infecção pelo [novo coronavírus] é uma prioridade urgente da saúde pública", afirmou o diretor, Dr. Anthony Fauci, em comunicado nesta segunda-feira. "Este estudo da Fase 1, lançado em velocidade recorde, é um primeiro passo importante para alcançar esse objetivo", acrescenta.

Segundo os investigadores, a vacina experimental teve resultados promissores nos animais. O estudo conta com 45 voluntários, com idades entre os 18 e os 55 anos, que irão participar na investigação, que durará as próximas seis semanas. Apesar de os primeiros testes estarem a ser realizados, as autoridades de saúde dizem que levará entre um ano a 18 meses para validar completamente qualquer vacina. 

Os cientistas conseguiram desenvolver a vacina graças a estudos anteriores sobre os coronavírus que causaram as epidemias de SARS e MERS no passado, o que lhes deu uma "vantagem inicial no desenvolvimento de uma vacina candidata para proteção contra o COVID-19", conclui a nota.