Politica

Coronavírus. Histórico do PS defende estado de emergência

António Campos alerta que "todas as armas devem ser utilizadas" 

O histórico do PS António Campos defende que deve ser decretado o estado de emergência.

A declaração do estado de emergência confere às autoridades competências para tomarem as providências necessárias e adequadas ao pronto restabelecimento da normalidade. No começo de uma calamidade pública de dimensão imprevisível utilizar todos os meios constitucionais é um imperativo nacional”, escreve, nas redes sociais, o ex-dirigente socialista,

António Campos explica que a única forma de conter esta crise é “endurecer” as medidas de prevenção. “Estamos no começo da crise de saúde pública e todas as armas devem ser utilizadas”, afirma.