Desporto

Jogador do Real Madrid finta quarentena e vai festejar aniversário da noiva na Sérvia

Pode dizer-se que Luka Jovic desobedeceu a três ordens de quarentena, à do clube, à do país onde joga, e à do país para onde viajou, e de onde é natural.

O jogador sérvio do Real Madrid Luka Jovic, que já jogou no Benfica, fintou a quarentena imposta ao plantel, e ao país do clube no qual alinha, na sequência da pandemia de covid-19, que em Espanha já contagiou mais de 17 mil pessoas, das quais 803 morreram.

Luka Jovic apanhou um voo para a Sérvia para festejar o aniversário da sua noiva em Belgrado, gerando assim uma onda de críticas.

De acordo com o jornal desportivo AS, as autoridades sérvias estarão já a investigar o comportamento do jogador do Real Madrid.

Tanto o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, como o treinador Zidane, permitiram que os jogadores estrangeiros regressassem aos seus países, depois de o médico do clube autorizar a viagem "num voo privado", para assim cumprirem a quarentena em casa.

Mesmo assim, a maioria dos jogadores da equipa optaram por ficar em Espanha, mas o ex-benfica de 22 anos quis ir para a Sérvia, e em vez de ficar em isolamento andou a passear pelas ruas de Belgrado, a capital.

O comportamento do jogador mereceu a crítica até da primeira-ministra, que acusou Luka Jovic de "ignorar as ordens de isolamento" impostas no país par ir festejar para a rua o aniversário da noiva.

Sublinhe-se que o Governo sérvio pediu aos cidadãos para não saírem de casa.