Sociedade

Lidl está à procura de 500 colaboradores para dar resposta à procura exponencial de bens

Maria Román, diretora geral de Recursos Humanos do Lidl Portugal, sublinha que “as equipas têm feito a diferença ao trabalharem arduamente para garantir que os portugueses encontram nas nossas lojas tudo o que procuram".

O Lidl está à procura de 500 colaboradores para reforçar as equipas das suas 258 lojas e dos seus quatro entrepostos, de norte a sul do país, devido à procura "exponencial de bens e dar a melhor resposta possível aos cidadãos no atual contexto do país", afirmam num comunicado enviado às redações. 

A cadeia de supermercados alemã pretende "continuar a cumprir com a sua missão e compromisso e garantir que os cidadãos têm acesso a bens alimentares de primeira necessidade".

O Lidl garante estar a trabalhar com os seus fornecedores para que o fornecimento de bens continue a ser realizado da forma mais normal possível. Além disso, a cadeia de supermercados sublinha que tem implementado várias medidas para reforçar a segurança dos colaboradores e impedir que estes sejam contagiados com o coronavírus, que já registou mais de 1000 casos confirmados em Portugal. 

Maria Román, diretora geral de Recursos Humanos do Lidl Portugal, sublinha que “as equipas têm feito a diferença ao trabalharem arduamente para garantir que os portugueses encontram nas nossas lojas tudo o que procuram, mas esta é uma época sem precedentes e por isso precisam de mais ajuda, pelo país”.

Os interessados podem consultar as vagas disponíveis em https://empregos.lidl.pt