Economia

DBRS mantém rating e perspetiva de Portugal que fica vulnerável à crise

Segundo a agência de notação financeira canadiana, “no mínimo, a economia portuguesa irá provavelmente abrandar nos primeiros trimestres do ano". 

A agência de notação financeira canadiana DBRS Morningstar manteve hoje o ‘rating’ de Portugal em BBB (alto), com perspetiva estável, mas considera que a natureza “pequena e aberta” da economia portuguesa a coloca vulnerável à crise.

“A natureza pequena e aberta da economia portuguesa coloca-a vulnerável ao tumulto financeiro e económico considerado pela atual crise de saúde global”, lê-se na nota da DBRS Morningstar que acompanha a manutenção do ‘rating’ em BBB (alto), com perspetiva estável.

Segundo a agência de notação financeira canadiana, “no mínimo, a economia portuguesa irá provavelmente abrandar nos primeiros trimestres do ano à medida que as receitas do turismo caem, e a confiança dos consumidores e o sentimento industrial enfraquecem”.