Sociedade

Concursos e alfândegas atrasam respostas

Miguel Guimarães diz ao SOL que há unidades que estão a ter dificuldades em reforçar stocks porque lhes é exigido o lançamento de concursos.

A Ordem dos Médicos defende que o Governo deve suspender as regras de contratação pública a que estão obrigados os hospitais. Miguel Guimarães diz ao SOL que há unidades que estão a ter dificuldades em reforçar stocks porque lhes é exigido o lançamento de concursos. Também há material comprado por privados que pretendem fazer doações ao SNS que fica retido nas alfândegas ."A sociedade civil tem-se disponibilizado de uma forma ímpar mas tem havido dificuldades logísticas e burocráticas. Os tempos que vivemos não se compadecem com esperas de uma semana", apela.