Sociedade

Portugueses saíram esta madrugada do cruzeiro atracado em Lisboa

Podiam sair 39, mas apenas 21 deixaram o navio.

Portugueses saíram esta madrugada do cruzeiro atracado em Lisboa

Podiam sair 39, mas apenas 21 deixaram o navio.

Os portugueses que estavam entre os passageiros do cruzeiro atracado em Lisboa deixaram o navio durante esta madrugada.

No total, seria 39 pessoas que sairiam do cruzeiro, mas apenas 21 o fizeram por viajarem com pessoas de outras nacionalidades.

Os passageiros ter-se-ão dirigido para casa, onde deverão cumprir 14 dias de isolamento obrigatório.

Recorde-se que o cruzeiro MSC Fantasia chegou domingo de manhã ao porto de Lisboa, tendo os passageiros ficado retidos durante todo o dia. O navio havia partido do Rio de Janeiro a 9 de março e tinha como destino Génova, em Itália.

Na sequência do surto de covid-19, estão proibidos de atracar navios de cruzeiro em Portugal desde antes de ser declarado o estado de emergência. Segundo o Ministério da Administração Interna (MAI) revelou, este desembarque envolveu diversas autoridades, como a Direção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, a Autoridade Nacional da Aviação Civil, a Direção-Geral da Saúde, a Polícia de Segurança Pública, a Polícia Marítima, a Autoridade Tributária e a ANA – Aeroportos de Portugal.