Politica

Associação Académica de Coimbra lança petição para suspender propinas

"É urgente que o Estado auxilie os estudantes", diz presidente da AAC

A Associação Académica de Coimbra (AAC) lançou uma petição em defesa da “suspensão imediata do pagamento das propinas e reforço extraordinário das bolsas no ensino superior”.

“Tendo em conta o momento extraordinário que atravessamos é urgente que o Estado auxilie os estudantes e que garanta as condições necessárias para ultrapassar esta crise sem um sofrimento excessivo”, afirma o presidente da AAC, Daniel Azenha. A petição já conta com mais de 600 assinaturas. 

Os estudantes já tinham pedido ao Governo a suspensão das propinas “enquanto se mantiver este estado de exceção, com o objetivo de manter a estabilidade da capacidade económica dos agregados familiares”.