Sociedade

Pessoas com diabetes têm linha de apoio gratuita

A medida é da Associação Protetora dos Diabéticos em Portugal, que apela às empresas de telecomunicações para apoiarem a iniciativa.

A Associação Protetora dos Diabéticos em Portugal (APDP) decidiu criar uma linha de apoio gratuita para ajudar e aconselhar as pessoas que têm diabetes. O objetivo é evitar deslocações desnecessárias, uma vez que é aconselhado aos portugueses que fiquem em casa, e evitar a propagação do novo coronavírus. A linha de apoio contará com quatro enfermeiros, estando prevista a entrada de novos profissionais nos próximos tempos.

“Esta medida é uma atitude preventiva, pois evitará deslocações desnecessárias, inclusive às urgências, e dará resposta às necessidades de uma população de elevado risco, que necessita de manter um bom controlo e não pode ser abandonada nas suas casas”, explicou José Manuel Boavida, presidente da APDP, em comunicado.

Pessoas com mais de 60 anos e com diabetes devem manter uma quarentena rigorosa, alertou José Manuel Boavida. “No entanto, estas pessoas continuam a necessitar que todas as suas dúvidas sejam esclarecidas, nomeadamente sobre os ajustes da própria terapêutica e de um encaminhamento eventual para uma consulta de urgência ou outro tipo de apoio por parte de equipas de saúde”, acrescentou.

A chamada para a linha de apoio gratuita deve ser feita através do número 21 381 61 61. Para já, a linha funciona entre as 08h00 e as 20h00, incluindo fins de semana.