Internacional

Mãe faz apelo após filho de cinco anos acusar positivo para a covid-19: "Vou morrer, mamã?"

“O coronavírus não é uma brincadeira".

Uma mãe britânica utilizou as redes sociais para fazer um apelo a todos os utilizadores, depois de o filho, de cinco anos, acusar positivo para a covid-19. Lauren Fulbrook quis alertar para o facto de as crianças saudáveis também correrem perigo e pede a todos que respeitem as medidas de contenção.

“O coronavírus não é uma brincadeira", começou por escrever na publicação que partilhou no Facebook, mostrando várias imagens do filho, e onde revelou que a criança não sofre de outras patologias.

A mulher, que é natural de Worcestershire, contou que o filho, Alfie, começou por ter febre muito alta, vómitos e alucinações. Agora, quer sensibilizar as pessoas para o facto de as crianças saudáveis também poderem ficar infetadas e apresentar sintomas graves. Lauren lembra que os mais novo não são “invencíveis” e revela que o filho teve mesmo de ser hospitalizado.

"Mamã, vou morrer?", questionou Alfie, que estava muito assustado com toda a situação.

A publicação da britânica tornou-se viral e foi partilhada milhares de vezes. Recentemente, Lauren fez uma atualização do estado de saúde Alfie e revela que o menino está melhor.

"Obrigado a todos pelas palavras amáveis e pelo apoio, que foi esmagador. O Alfie está a começar a melhorar, lentamente. Eu não queria chatear ninguém com a publicação, só queria que entendessem o importante que é estar em isolamento voluntário, quando possível, e praticar o distanciamento social se tiverem de sair", escreveu.