Vida

Gordon Ramsay despede cerca de 500 funcionários em plena pandemia mundial

"Tudo o que posso dizer é obrigada Gordon Ramsay, espero que durmas bem à noite ao saberes que tantas pessoas ficaram desempregadas por tua causa", escreveu uma das funcionárias despedidas.

Gordon Ramsay está a ser bastante criticado nas redes sociais, depois da chef Anca Torpuc ter denunciado que o chef e apresentador de televisão despediu cerca de 500 pessoas na altura em que o mundo enfrenta uma crise devido ao aparecimento do covid-19.

"É uma vergonha ver que a empresa em que trabalhaste e pela qual deste tudo o que tinhas durante dois anos manda-te embora como se não fosses mais nada do que um monte de m****, especialmente em tempos tão difíceis como estes, mesmo sabendo que não têm nada a perder em manterem-te. E não estou a falar de um pessoa, mais de 500 perderam os seus empregos ontem. Tudo o que posso dizer é obrigada Gordon Ramsay, espero que durmas bem à noite ao saberes que tantas pessoas ficaram desempregadas por tua causa", escreveu a chef, pedindo às pessoas para partilharem a publicação. 

Gordon Ramsay foi obrigado a fechar vários dos seus restaurantes devido às medidas implementadas pelo Governo no combate contra a propagação do novo coronavírus, o que o levou a despedir vários dos seus funcionários. Ramsay anunciou através das redes sociais que iria fechar todos os restaurantes da cidade de Londres.  "À medida que a situação muda diariamente, o nosso foco deve ser a saúde e a segurança de nossos funcionários, convidados e comunidade e fazer a nossa parte para retardar a propagação do vírus. A partir de sábado, 21 de março de 2020, todos os nossos restaurantes de Londres fecharão temporariamente ", disse, numa publicação no passado dia 19.

O também apresentador de televisão, de 53 anos, terá feito uma reunião com os respetivos trabalhadores para os informar que os seus contratos seriam rescindidos. A reunião terminou com as lágrimas de muitos e, posteriormente, todos receberam um email a dizer que os pagamentos seriam feitos até ao dia 17 de abril. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Such a shame to see how the company that you worked for and gave everything you had for 2 years throw you away like you are nothing but a little piece of shit, specially in difficult times like this even though thay have absolutely nothing to lose by keeping you. And I'm not taking about one person here, over 500 people lost their jobs yesterday so all I can say is thank you @gordongram @gordonramsayrestaurants I hope you sleep well at night knowing that so many people doesn't have a job in this difficult time because of you 👏👏👏Shame on #GordonRamsay #fired all employers in #london #londoncity #uk #UnitedKingdom They can't apply for support!!! @london.foodguide @london @london4all @londonsbest @londonist_com @timeoutlondon #instafood #londonfood #londonfoodie #londonfoodies #londonfoodguide #coviduk19 #covidー19 #timeoutlondon @gordongram @gordonramsayrestaurants @gordonramsaystreetpizza @thenarrowgordonramsay @gordonramsayplanefood @restaurantgordonramsay @gordonramsaybarandgrill @gordongramfan @gordonramsayfan @gordon_ramsay_fans @gordon.ramsay.fan.account please! Share!

A post shared by Anca Cosmina Toropu (@ancatoropu) on