Internacional

Homem destrói carro de vizinha que o repreendeu por correr na rua

"Oh meu deus, ele destruiu-o", lamentou a mulher no vídeo. "António, por favor", apelou entre soluços. 

Um morador de Montesilvano, na região de Abruzo, em Itália, destruíu o carro de uma vizinha com o que parece ser uma pedra, por esta o ter repreendido por correr na rua, quando estão em vigor estritas medidas de isolamento devido à covid-19. A vizinha apenas pôde assistir da janela, impotente, implorando para que o homem parasse. O incidente, gravado em vídeo por vários outros vizinhos, aconteceu no início da semana e foi divulgado no Twitter e noticiado pelo Leggo.

"Oh meu deus, ele destruiu-o", lamentou a mulher no vídeo, enquanto se ouviam fortes pancadas metálicas. "António, por favor", apelou entre soluços a dona do carro, a um homem que estava ao seu lado à janela. "O carro foi-se", respondeu o homem. Entretanto, outra vizinha aproximou-se do carro, tentando parar o ataque - após ser ameaçada, foi-se logo embora do parque de estacionamento. O atacante ainda ameaçou entrar em casa da mulher, antes de se ir embora. Deixou para trás um veículo com a traseira completamente destruída.

Itália é o país com mais mortes devido à pandemia de coronavírus: já são mais de 7500, com quase 75 mil infeções registadas. Os serviços de saúde, por todo o país, estão a ser assolados por uma avalanche de casos. As autoridades de saúde vêm o cumprimento do isolamento social como uma das melhores maneiras de impedir que a catástrofe se agrave.