Economia

Covid-19. Turismo do Algarve "saúda" decisão dos munícipios de suspender taxa turística

João Fernandes afirma que, nesta fase, "não podemos descurar a competitividade futura da nossa economia". Decisão da AMAL - Comunidade Intermunicipal do Algarve foi ontem anunciada. 

O presidente da Região de Turismo do Algarve e da Associação Turismo do Algarve, João Fernandes, emite esta quinta-feira um comunicado onde “saúda” a decisão dos municípios da AMAL - Comunidade Intermunicipal do Algarve de suspenderem a aplicação da taxa turística municipal, bem como do deferimento e isenção de outras taxas e pagamentos de serviços dirigidos à população e às empresas durante esta fase de pandemia de covid-19.

Na nota enviada às redações, João Fernandes referiu que “neste momento, assegurar a saúde pública e o bem-estar das pessoas na região, tanto dos residentes como dos visitantes, é a missão primeira de todos. Mas não podemos descurar a competitividade futura da nossa economia. São as empresas que geram e que continuarão a gerar a riqueza e o emprego na região”.

“Face ao árduo período que as diferentes atividades turísticas atravessam, nomeadamente o alojamento, todos os sinais positivos são importantes passos para uma retoma, pelo que o Turismo do Algarve aplaude a decisão dos autarcas algarvios”, concluiu o dirigente.