Sociedade

64 pessoas detidas e 1.449 estabelecimentos encerrados por violação das regras do estado de emergência

1.449 estabelecimentos foram encerrados por incumprimento das normas estabelecidas.

Desde o dia 22 de março e até as 18h00 desta sexta-feira foram detidas 64 pessoas em Portugal por violação das regras impostas pelo estado de emergência, anunciou o Ministério da Administração Interna (MAI).

Em comunicado, a tutela liderada por Eduardo Cabrita revela que as forças de segurança detiveram 64 pessoas por crime de desobediência, designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência.

A mesma nota revela que foram ainda encerrados 1.449 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas.

O Ministério da Administração Interna reitera o apelo a todos os cidadãos para o escrupuloso cumprimento das medidas impostas pelo Estado de Emergência, contribuindo assim para conter a propagação da pandemia.